1. Quais são as vantagens e as mudanças necessárias em seu negócio para que você ofereça produtos e serviços online?

2. Quais profissionais vão desenhar a sua página para que ela fique encantadora e dinâmica?

3. Que tal começar com um site pequeno e modesto, para se ambientar com a tecnologia e com a operação do novo canal de vendas?

4. Além de um portal com design agradável e que expresse o seu produto, opte pela agilidade na navegação e por um site que permita alterações futuras.

5. Você já sabe qual será a primeira ou a próxima promoção ou novidade da sua loja virtual? Nunca esqueça das promoções.

6. Você já se organizou para conseguir responder rapidamente o seu potencial cliente digital? Dúvidas e reclamações não podem esperar.

7. Você vai precisar adaptar produto e serviço para vendê-los ao mundo? A internet não tem fronteiras, então, talvez, seu negócio precise se adaptar.

8. Se o seu cliente está a um clique de você, está também a esse mesmo clique da concorrência, então, seja melhor do que ela.

9. Você já sabe qual estratégia de divulgação irá usar para agregar valor e dar visibilidade para a sua marca? Que tal começar a colocar esse plano em prática?

10. Não é porque o cliente não pisou na loja física que não merece um pós-venda eficiente. Então, já sabe o que fazer para acompanhá-lo? Com a internet, você também vai aonde quiser sem sair do lugar onde está. Aproveite!

Se você seguir essas dicas certamente fará a diferença no mercado digital. Ainda assim, é bom verificar constantemente se todas as etapas e processos estão sendo executado da maneira como foram planejadas. O acompanhamento em qualquer ramo de atividade, digital ou não, é uma constante indispensável.

Boas vendas!

×